amigos x colegas x conhecidos

Tem gente que não quero que saiba da minha vida. Nada. De preferência, que fique longe de mim. E faço minha parte sabe? Evito a pessoa e lugares onde poderia encontrá-la, mudo até de caminho se necessário. O clichê “os incomodados que se mudem” é quase meu mantra quando penso em determinados seres. E não me incomodo, muito pelo contrário, dou graças aos céus por saber que faço minha parte para se ver livre daquilo.

Só que é complicado quando a pessoa não percebe que estou, sim, evitando-a. E fica insistente, chata até. Gente, há que se ter um mínimo de semancol, senão fica complicada a convivência. Acho necessário e saudável ter amizades, e sim, elas tem que ser cuidadas e regadas diariamente (ou uma vez por semana, vá lá). Mas acho também oportuno que pessoas não se elevem ao status de amigo sem o serem. Amigo não é colega que não é conhecido. São coisas e intimidades distintas. E até amizade, para mim, às vezes precisa de férias. Ou porque a vida anda corrida, ou porque a convivência fica mais pesada do que o habitual, ou porque o assunto é algo que não interessa a um dos dois, ou ainda porque a pessoa-amiga decidiu andar com pessoas com quem eu não quero conviver. Para se continuar, é bom uma pausa. E depois continuar de onde tinha parado.

E, olha, não desconfio de quem não tem amigos, mas acho muito estranho quem tem zilhões destes. Sério. Ok, concordo que existem os amigos de balada, os amigos pau-pra-toda-obra e por ai vai, tudo compartimentalizado. Alguns usam mais de uma tag, e que bom isto. Mas acho estranho quem tem um milhão de amigos, mesmo com Roberto Carlos cantando o contrário. Não sei, penso se a pessoa não tem uma definição de amizade distinta da minha. Certamente que sim.

Quando estava na lama pessoas me ajudaram; algumas viraram amigas, outras literalmente jamais vi. Sou grata a todas e jamais as esquecerei. Mas a vida continua, e se não quero conviver com você, algum motivo há. Não há culpados, acredite. “O problema sou eu” se encaixa aqui como uma luva. Pergunte (e esteja preparado para a resposta, ou nem isto viu…) ou se afaste. Sem problemas. Eu agradeço. E te garanto: caso futuramente retomemos de onde paramos, éramos realmente amigos. Ou estávamos no compartimento errado da coisa…

 

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s