Martina

“Ah, estou encantado! Nunca imaginei ser pai, mas se Deus mandou… Sabe como é, né? Quando Deus manda a gente não brinca. E a Sônia queria também, então veio em boa hora. Se eu quero menino ou menina? Tanto faz, contanto que venha com saúde. A Sônia briga comigo porque ela quer menina, mas para mim tanto faz mesmo. Eu quero que ele(a) seja feliz. Mas já falamos com o médico. Tivemos que trocar 5 vezes de médico, até achar um que se encaixasse no que a gente quer e gosta. Porque não dá para ser qualquer um né? A Sônia quer fazer cesária, tentarei convencê-la a ter parto normal. Imprimo todos os dias notícias de gente famosa que teve parto normal, vendo se anima a patroa. Mas para mim não importa nada disto, eu quero que meu filho seja feliz, tenha saúde, e o resto está tudo ok.”

Quatro meses se passaram. Um dia eles se encontram novamente…

“É menina. Eu sempre soube que era menina. Era o que eu queria, na verdade, mas não falava por causa da Sônia. Já vi a escolinha que ela estudará, não é muito cara e é muito boa. Já fiz a pré-inscrição dela. E ela vai ser tenista sabe? Imagina, conhecer o mundo, viajar toda semana, ganhar muito dinheiro. Se fosse menino queria que fosse jogador de futebol, mas menina… prefiro do que ser modelo, porque ai sofre demais, coitadinhas. Passam muita fome. A minha filha não. E tenista é melhor né? E se você pensar teve a Martina, aquela menininha que parecia uma boneca. Acho que ela é americana. Não, não, é suíça. Sim, tenho certeza que é suíça. Hingis né, é o sobrenome dela. OU alguma coisa assim. Mas o que importa é que ela foi uma das mais jovens campeãs de um torneio que tem na Europa, não sei direito onde. E ela é bonita que só vendo. Nunca vi, mas na TV e nas fotos ela é bonita. E ela foi campeã de todos os torneios. E sabia que o pai dela também queria que ela fosse tenista e se inspirou na outra Martina, a Navratilova, para influenciar. Eu acredito nestas coisas. Você tem coragem de brincar com isto? Eu não. E a Martina, a Navratilova, foi a maior campeã das campeãs. Nunca vi um jogo dela, mas eu li. E ela ganhou muito dinheiro e viajou. A Martina nasceu na Tchecoslováquia. Qual? A Navratilova. Mas ai acredita que eu li na net que a Martina também nasceu lá e depois foi para a Suíça. PRESTA ATENÇÃO: a Hingis, né? Não ouviu? Mas eu até já vejo ela levantando os troféus e agradecendo o paizão pelo investimento e por ele ser um visionário. É verdade, esta coisa de nome, numerologia, é sério. (…) (…) (…)”

Na única pausa que ele fez para respirar, o homem falou de uma vez só, em tom de “quero encerrar o assunto”: Ah, então o nome dela será Martina também?

“Não, será Maria Luisa.”

———————————————————————————————————————————————————-

Uma ótima semana COM FERIADO a todos. E sim, a estória é verídica, e não contei 1/3 dela…

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s