Casar ou comprar uma bike?

Em algum momento da vida temos dúvidas sobre qual caminho seguir. É o famoso “casar ou comprar uma bicicleta?”. A gente quebra a cabeça fazendo planos, traçando metas e escapatórias caso o plano inicial dê errado. Eu chego a ter o plano A, B e C em mente, dependendo da situação. E as vezes os três dão errado. E agora, José?

Desde adolescente eu falava: vou fazer isto, daí vai acontecer aquilo e eu vou fazer aquilo outro então. Daí eu faço X e quando Y acontecer, BINGO! Já tô velha cuidando de rugas na cara e me pego fazendo as mesmas coisas, até agora. Detalhe: quase todos os meus planos, sem exceção, deram errado, ou o X não virou Y, mas sim um J bem grande. Entende?

Já conheço outras pessoas que usam o deixar a vida levar. Elas vão aceitando (ou lidando, depende do jeito que você encara a coisa) as coisas conforme estas acontecem. Tenho para mim que elas sofrem menos do que gente como eu. Não sei, elas são mais leves, menos preocupadas. Tento diariamente aprender várias coisas, e esta é uma delas. Mas é difícil quebrar padrões pessoais, e quando são várias as algemas a serem quebradas, fica um pouco complicado organizar a fila…

Eu não sei como escolher, e confesso muitas vezes ter medo. Porque meu histórico vai contra mim (os erros estão ganhando de 9 a 0, por baixo), porque escolher é abrir mão de algo, por ter que encarar o novo e o desconhecido, por sair da minha zona de conforto. Mas para virar gente grande é preciso seguir em frente, escolhendo o que fazer. “Ah, escolhe fazer nada então.” “Deixe que a vida escolhe por você.” Aos incautos de plantão um aviso: isto é escolher também! Escolher deixar o acaso ocorrer, o destino, Maktub, sei lá eu. Mas escolher. E não sei se quero “outros” escolhendo para mim, mesmo que as vezes o cansaço me indique ser este o melhor caminho a seguir.

Não sei o que me espera. Tento viver o hoje (outro aprendizado: parar de se culpar pelo passado e não esperar pelo futuro). Isto tenho conseguido: viver o hoje. Mas falta tanto ainda…

Aos que me pedem conselhos, não os tenho, mas te dou a seguinte dica: não deixe que escolham por você! Sei que é mais fácil, porque tira uma pressão enorme de seus ombros, mas não se faça isto. A outra pessoa não é você, simples assim. E por mais que ela tente se por em seu lugar, não adianta, espíritos diferentes em corpos distintos. Não é a mesma coisa. E, no final do dia, é só você e seu travesseiro, nada mais.

——————————————————————————

Ontem Steve Jobs morreu, o cara por trás da Apple. Deixo a poeira baixar para conseguir por em palavras o que senti, além de “choque”. E ontem também descansou a tia de uma conhecida. Ela, muito lúcida, já falava das pessoas que estavam “vindo buscá-la”. Que todos os que partiram ontem fiquem bem, e que os que aqui continuam seu caminho façam as escolhas corretas. Que assim seja!

Anúncios

7 Comentários on “Casar ou comprar uma bike?”

  1. Analice disse:

    Ainda não consegui viver o hoje como vc…mas chego lá…e quanto as escolhas, essas são as que matam a gente…preciso de uma bussola, gurú, buzios, qualquer coisa…cansei de não conseguir deixar a vida me levar, hein…
    Adorei o texto! 🙂
    Beijos

  2. Karina…
    acho escolher um ato de coragem. E às vezes a coragem falta, né?
    bj.

  3. Mamita disse:

    o bom eh que qdo vc escolhe vc arca com as consequencias… sejam elas boas ou ruins…

  4. Sofia disse:

    Olá sou de Lisboa, o meu nome é Sofia.
    Não tenho palavras (apropriado hein?) para descrever o quanto gosto do teu blog.
    Tenho muita vontade de escrever, mas falta o tempo, a inspiração, sei lá o medo de falhar de não sair nada que se aproveite.
    Mas depois venho aqui e vejo que alguém já foi no fundo da minha nuca e quiçá…porque não admitir, do meu coração também e escreveu por mim.
    Por isso, obrigada.
    Porque é bom saber que num outro canto do mundo, alguém parece sentir o mesmo. exactamente o mesmo.
    Obrigada, nunca é de mais agradecer


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s