Banheiros aéreos, parte I

Este é o primeiro de uma série de posts que tratará do mesmíssimo assunto: ir ao banheiro durante um voo. Sim, é tanta coisa para ser gritada que terei que dividir em capítulos para conseguir dizer tudo o que quero, mesmo que não interesse a mais ninguém!

Pegar um voo de 10 horas é complicado, já que as cadeiras são minúsculas e não ajuda em nada eu estar fofucha. Mas o mais legal de tudo é você descobrir, já dentro da aeronave, que sua poltrona é a ÚLTIMA do avião todo. Isto significa duas coisas: o banheiro fica ao seu lado, literalmente, e atrás de você os comissários de bordo trabalharão a noite toda. Enfim, a viagem que é apenas de 10 horas parecerá ter 200.

E eu fui sorteada. No voo de ida, peguei meu bilhete e segui para o assento.  E ando e ando e ando e penso “o avião vai acabar e eu não acho meu lugar”. Tolinha. Achei. E era lá! LÁ! Em frente ao banheiro!

Pois bem, já fiz um post falando sobre pessoas que na ponte aérea insistem em viajar na janela e querem ir ao banheiro durante o voo. Eu sou grande e alta, ou seja, preciso do espaço do corredor para esticar um pouco as canelas e não ter dor. E o avião tinha 42 fileiras, com 7 cadeiras em cada uma. Abre o excell ai e faz a conta. Agora conta destes quantos usarão um dos 3 (leia de novo: 3) banheiros do avião. Sim, amigos, e eu na frente de um deles!

Uma menina (que não estava grávida, já que devia ter uns 9 anos no máximo) foi ao banheiro 12 vezes. Não é possível isto gente. Nem nenê faz tanto xixi assim. Mas ok, o problema é que em cada ida alguém esbarrava em mim e mesmo que não esbarrasse, na hora da descarga eu acordava. Ah sim, a ventilação da aeronave cheirava xixi após cada ida de uma pessoa ao mictório. Te juro que sai da aeronave me cheirando. E eu cheirava mijo alheio!

Agora, preciso dizer o seguinte: é inadmissível que façam cocô no avião. E teve quem fez! ISTO É DESUMANO COM OS OUTROS AO REDOR! Gente, a coisa ficou insuportável. Alguém foi ao banheiro e fez número 2 lá. Lembra que eu disse que após a descarga o ventinho do avião cheirava xixi? Pois bem, adivinha o frescor que ficou o cheiro após alguém fazer cocô lá dentro daquela cabininha desconfortável. Sim, e a pessoa ia embora e eu ficava lá, cheirando aquele ar pestilento! EU MEREÇO ISTO?

O desabafo continua, mas vou lá ver o barraco de A Fazenda porque a coisa tá boa e eu gosto do programa. Pode me julgar. Só termino o post dizendo que acabou a água do avião. Não a de beber, a do banheiro. Se coloque no meu lugar e eu te pergunto: precisa dizer mais?

Precisa: termino lançando um desafio. Na volta, adivinha onde eu sentei??????????????????

Não perca os próximos capítulos…

Anúncios

3 Comentários on “Banheiros aéreos, parte I”

  1. Marcos Guinoza disse:

    As pessoas têm essa mania de pensar que banheiro de avião foi feito para usar. Não, gente. Banheiro de avião eh igual extintor de incêndio. Só use em caso de emergência. Ei, que sufoco, hein, Karina? Bj.

  2. Mamita disse:

    hahaha… campanha de incentibo ao NAO uso do banheiro em viagens aereas! eu topo! serah que a menininha nao foi soh pela emocao de apertar a descarga do aviao? bjos, nao me liga.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s