excesso vs. apatia

“Você prefere o excesso ou a apatia?” Num sábado em que eu tinha desligado o despertador e chovia lá fora, fui acordada por alguém vendendo algo no celular (estou sem bina e sem dinheiro para trocar de aparelho). Acordei e fui ler o jornal e os mailings que assino. Queria estar menos sonolenta na hora para escrever o autor da frase, e nem vou chutar para não dar piti no dono caso não o cite, mas a frase era exatamente esta aí em cima. Você prefere o excesso ou a apatia?

Acho lindo (#NOT) aquele povo prafrentex total que se diz acelerando à toda em cada curva da vida. Olha, vou te dizer: tenho uma baita duma preguiça deles. Já reparou que se você não for assim totalmente-tudo-ao-limite como eles, não escolher o 80 em detrimento do 8, eles te trollam? Repare. Nunca achei um que aceitasse você ser “menos intenso”, como se isto fosse desvio de caráter.

E tem os moscas-mortas. Os que aceitam tudo, sem reclamar. Também tenho um pouco de preguiça deste povo. Pelamordideus, pelo menos de vez em quando é bom domar o touro pelos chifres, sentir o sangue correndo pelas veias. Deixar a vida escolher não é se eximir de decidir. Isto é uma decisão. Só saiba disto se você é deste time, ok?

De qual time sou? Não sei. Tendo a ser um expresso com um pouco de leite. Tenho minhas opiniões mas não me considero a dona da verdade: quando vejo que estou errada admito e mudo rapidinho! Não sou baladeira, não sou 80, a não ser que invadam meu espaço que, este sim, é absolutamente bem delimitado. Ai um exu violento toma conta de mim, e eu de grande e gorda passo a imensa e gigantesca. Só que também não aceito tudo o que é colocado, de modo algum. Apenas não fico gastando saliva com quem não merece e procuro escolher bem as minhas batalhas. That’s all.

Ouço sempre de um ser espiritualmente iluminado a frase: “fique em paz”. E acho que é o que busco atualmente, meio que titubeando como criança quando vai brincar de gente grande e coloca o salto da mãe.

Deixo as discussões do mundo para os gabaritados para tal, deixo os tranquilos em seus cantos. Resignação para mim tem muito a ver com cansaço, e ando bem cansada ultimamente.

No fundo, escrevi tudo isto para dizer o seguinte: gente, chega de manifestação na região da Paulista. Fui cara-pintada, sou pro-manifestações. Mas já deu né? Vamos mudar de lugar? E acaba perdendo a credibilidade sabe? Grata!

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s