sobre o meu aniversário

Meu aniversário está chegando. É semana que vem, e mais do que isto eu não falo. O por quê disto (repito que ainda não tive tempo de ler a gramática que eu comprei para aprender a usar o “porque”)? Porque é o modo como eu lido com a coisa, e te garanto que faço o melhor que posso!

Tem gente  que AMA comemorar aniversário, independente da idade (e já te adianto que meu problema não é com o número que me será acometido a partir da próxima semana viu?). Gosta de chamar buffet, os amigos, seja dia de semana ou feriado santo. Alguns alugam o salão do prédio ou combinam em um restaurante e cada um paga sua conta. Contratam DJ, banda, sushiman, dançarina do ventre e cuspidor de fogo. Tudo feito com carinho e amor. Adoro. Acho lindo. Mas não sou eu.

Engraçado que pego meus álbuns de fotos e lá está a prova: no meu aniversário de 5 anos eu estou bicuda em TODAS as fotos. Não ganhei presentes? Acha, a cama estava repleta deles. Só que eu estava com a cara fechada em todas as fotos. Não sei o que me passava pela cabeça, se era algo “saiam todos daqui que quero brincar” ou “não ganhei o que queria”. E não me defino por aquela época, adoro mudar e busco sempre me melhorar. Mas digamos que até hoje aquela raizinha permanece.

Então venho aqui encarecidamente pedir que vocês, leitores queridos, respeitem este jeitinho de ser da titia aqui. Não precisa ter medo de ligar não, tá louca? Adoro boas vibrações, pensamentos positivos! Me liguem, me achem, mandem email ou sinal de fumaça. Mandarim não falo, mas a intenção é o que vale. Saiba que tudo o que me  desejam eu desejo de volta em dobro, logo você sairá no lucro de qualquer jeito.

Mas me deixem curtir do meu modo. É uma fase de mudanças profundas e uma data emblemática, especialmente esta. Gosto de refletir (já comecei faz uns dias, mas vá lá. Tô meio tartaruga), reavaliar tudo. Ver o que fiz, onde estou, para onde vou (ou quero ir, coisas distintas). Fico reflexiva. Me desmonto e remonto, jogo muita coisa interna fora. É o que teve para ontem, e terá para o aniversário deste ano.

O que eu quero de aniversário? Que o melhor aconteça, cansei de tentar ter as rédeas do destino na mão. E forças para lidar com o que me aguarda, que apenas sei ser coisas boas. Mas saiba que também preciso de meias coloridas, uso shampoo sem sal para raízes oleosas, quero o último livro da MIriam Leitão, amo creminhos da Natura, Jequiti, Avon, etc. Se nada disto for possível, mentalize coisas positivas para mim e torça para que tudo dê certo na minha vida. Agradeço do fundo do coração e desejo a todos os que lerem um ótimo final de semana, e que tudo de bom que meu aniversário trouxer chegue de volta a quem merece. Em dobro!

Anúncios

One Comment on “sobre o meu aniversário”

  1. Karina Karina disse:

    pelo jeito voce me entende! beijos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s