sobre fazer o bem…

É da minha natureza isto, e quem me conhece sabe. Não sei se isto é meu, se aprendi ou herdei dos meus pais, mas é quase uma obsessão minha, uma necessidade de fazer o bem para os outros. Só que muitas vezes já me prejudiquei com isto. E devagarzinho a gente aprende né? Tem um ditado em inglês que se aplica bem nesta situação: “Old habits die hard”. Eles podem até die hard, mas eles die! Uma hora eles die!

Já andei de metrô por que meu carro estava emprestado com alguém. Sim, olho para isto e desacredito. Já dei de presente metade da lua-de-mel para um casamento em que não fui convidada. Ok, isto pode ocorrer, mas tem mais coisa envolvida neste angu que prefiro deixar para trás. Já paguei conta de ex, paguei TODAS as contas, até algumas da família do dito cujo, e com isto deixei de comprar coisas para mim. Dou risada com isto agora, acho que esgotei a perplexidade diante dos fatos.

Sempre tento ajudar. Sempre! Amigos então… Só que a gente vai vivendo e aprendendo, graças a Deus. E eu tenho por hábito também por em prática tudo o que aprendo, sabe? Ainda bem, senão seriam experiências vazias. E tudo o que é vazio não se sustenta, sejam experiências, palavras ou saco. Nem João Bobo para em pé se não estiver cheio.

Só que se tem eu que ajudo, tem o ajudado. Pois bem, aqui tem uma coisa que aprendi faz pouco tempo e compartilho com quem lê. Não adianta ajudar quem não quer ajuda. Os pilantras e safados sempre existiram e sempre existirão, e com estes não precisa se preocupar muito não: um dia a casa cai. A deles. Não sei como funciona direito o Universo, mas nas regrinhas escritas em itálico no finzinho da página tem uma cláusula onde diz que a verdade sempre aparece. O final nem sempre é feliz, mas a verdade aparece. Sempre!

Voltando aos ajudados: já me matei para arrumar emprego para alguém que não queria. A família queria o emprego para ele, ele não. Adivinha o que ocorreu? Já me desdobrei, dei minha palavra, prometi, cumpri, orei, fiz mandinga para ajudar outros em tudo: emprego, fila de show, estudo para provas, acompanhamento em médico, tudo o que você imaginar. Deu certo? Não, porque EU queria ajudar, a pessoa não queria minha ajuda.

Adquiri um aprendizado que compartilho com você agora, mais uma vez fazendo o bem: muitas vezes gastamos nossa energia com pessoas que simplesmente não querem ou apreciam isto. E um dos maiores sinais de inteligência é perceber isto, e ter a dignidade e decência e amor-próprio e simancol de parar com tudo. Sim, de parar. De seguir em frente. De deixar aquilo tudo para trás e ajudar quem realmente quer e precisa de você. Por que quem tá na lama pede ajuda e enfia o orgulho no saco. Com estes vale a pena você gastar seu tempo e preocupação. Com aqueles é o verdadeiro “dar murro em ponta de faca.”

Anúncios

One Comment on “sobre fazer o bem…”

  1. arturtavares disse:

    Nessas horas eu abro mão da minha auto -compaixão e deixo minha mão sangrar na faca…não ligo =)

    “Dê sempre o melhor…E o melhor virá.
    Às vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas…Perdoe-as assim mesmo.
    Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta e interesseiro…Seja gentil assim mesmo.
    Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros…Vença assim mesmo.
    Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo…Seja honesto e franco assim mesmo.
    O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra…Construa assim mesmo.
    Se você tem paz e é feliz, as pessoas podem sentir inveja…Seja feliz assim mesmo.
    O bem que você faz hoje pode ser esquecido amanhã…Faça o bem assim mesmo.
    Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante…Dê o melhor assim mesmo.
    E veja você que, no final das contas, é entre você e Deus…E não você e as pessoas!”

    Dou o máximo para ignorar o meu ego, o meu senso de amor próprio e tudo mais…prefiro fazer o bem…

    “A Vida de um indivíduo só faz sentido se ajuda a tornar a vida das demais criaturas mais nobre e mais bela.” A. Einstein

    Um beijo grande! Muita luz! =)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s