SHHHH

Este post poderia se chamar PSIU! Existem vários psius… Existe a lei em São Paulo, onde bares devem fechar à meia-noite para não atrapalhar os outros. Que outros não sei, mas em São Paulo bares são Cinderelas: deu meia-noite vira abóbora. Tem o psiu também quando você vai chamar aquela pessoa da qual você não lembra o nome, ou se você for como eu, chama ela de Patrícia, por exemplo, tendo uma única certeza: o nome dela é tudo menos Patrícia. E tem o psiu também que pode ser representado pelo atual “Ahan! Senta ai, Claudia!” (OBRIGADA XUXA! em Caps Lock devido ao jeitinho com que ela escrevia no Twitter). Aquele psiu onde deveríamos ter ficados calados ao invés de falar merda. Me aterei ao terceiro psiu, o do perder a oportundade de ficar em silêncio quando tudo o mais tá cagado. Acompanhe.

Fui ontem em uma palestra. Ok, fazia parte do trabalho e não podemos matar TODAS as palestras que o chefe manda. Matamos (tá, matei) várias durante anos! Mas todas tiveram um álibi. Convincente. Otem estava sem álibi, e não posso mais usar tanto a dor nas costas para não perder a credibilidade. Segue.

Fui na palestra. Cheguei lá a pessoa, uma FOFA (não gorda! fofa mesmo), super feliz e bem intencionada e empenhada e mostrando serviço para o chefe começou a falar de coaching, uma palavra que signifca te ajudar a descobrir o que você gosta na vida (o termo usado é “traçar o seu perfil”; este blog também é cultura) para sair mandando CV e esperar ser chamado para algo. Ok? Tá acompanhando? Visualize a cena que ajuda… ok. Segue.

E daí que ela começou a falar de determinados cargos e profissões. E ela falou absolutamente mal de 2 profissões em específico. Fiquem curiosos porque não contarei qual são, já que a imaginação também faz parte deste blog (blog completo este! DIVULGUEM!). E minha família tem representantes nos dois cargos! Alguém lá comentou isto e ela ficou multicolorida, uma perfeita modelo representante do movimento LGBT. Ela mudou para todas as cores do arco-íris em questão de segundos, terminando com um amarelo-xixi-de-gato e nuances de vermelho-falei-besteira. Visualizou? Segue.

Todos já passamos por isto. Ela passou por isto ontem! Se eu liguei? Nops, acreditem! Porque é a opinião dela, não a minha! Sou mais a minha sabe? E não gosto de generalizações, acho-as pobres e burras. Tipo: todo policial é isto, todo viciado é aquilo, todo convênio é uma bosta, todo político é ladrão, todo médico só quer operar, todo desempregado é aquilo outro… entende? Não acho nada disto e acredito que esta generalização cria estereótipos. Errados. E perigosos.

Mas este post não é sobre isto e voltemos o foco à ela, a palestrante (chama-la-ei Neide, só porque acabei de receber, neste segundo, um email enviado por uma Neide… que é spam… não vou emagrecer dormindo… grata!). Neide fez o maior de todos os erros! Aquele erro imperdoável, que nos tranforma em hereges e nos faz andar com uma letra escarlate na testa. Marcado a ferro e fogo. Ok, exagerei. Mas Neide, tentando recuperar a dignidade e do alto do púlpito tentou CONSERTAR O ERRO!

Gente, NÃO! Não façam isto! A coisa só piora, o erro sempre aumenta, a situação fica mais e mais embaraçosa… Se você falou demais (tipo eu, que na sexta série tava lascando o pau numa professora cujo apelido carinhoso era “Vaca Fumante” e a filha dela… bom, estava ouvindo meus destemperos nada amorosos e eu não sabia… Tentei consertar… Piorou… Acho que até hoje ela faz vodu para mim! SORRY AMIGA! ESQUECI SEU NOME!) fique quieto! Respire fundo, tente recuperar a dignidade e diga em alto e bom som, olhando nos olhos da pessoa: Tudo bem! ou Desculpa! ou PERDÃO! escolhendo qual se encaixa melhor na situação. E FECHE A BOCA! Fique quieto! ACABE COM TUDO POR ALI! E saia de cabeça erguida, mesmo que se sinta lambendo o chão de vergonha.

Então, do alto da minha sabedoria, venho dizer isto aqui e espero poder ajudar alguém com isto: falou merda? CALA A BOCA! Não tente consertar nada! Não tente arrumar as coisas, extender o assunto. Pare por ali! SENTE AI, CLAUDIA! Porque nunca vi uma situação destas não descambar para coisa pior…

Anúncios

2 Comentários on “SHHHH”

  1. DIEGO disse:

    AGORA ENTENDI PQ VC TEM DOR NA COSTAS… COM CERTEZA ELA (SUA PROFESSORA OU FILHA DELA) DEVEM TER FEITO UM VUDU PARA VC MESMO … MAS NAO SE PREOCUPA SE VC FOR DO BEM (EU SEI QUE EH), POIS O BEM SEMPRE VENCE O MAL HEHEHE …


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s