Achismos alheios ou Compartilhando minha sabedoria

Eu acho que você deveria fazer isto, eu acho que você está errada, eu, se fosse você, não faria isto, acho que tudo está escrito, acho que temos sim o livre-arbítrio, acho que ele vai te ligar, acho que errei, acho, acho, acho.

Achar não muda o preço do dólar. Achar não é certeza. Achar é chute. Achar é… achar. Minha única certeza sobre “achar”: quem acha é porque estava procurando algo.

O engraçado é que damos muita importância ao achismo alheio. Fulano acha algo sobre você? Se for positivo você ganhou o dia, quiçá a semana. Se for negativo você se tranca num quarto escuro e fica se auto-mutilando. Detalhe: você nunca viu fulano na vida, e provavelmente não verá jamais.

Mulheres se arrumam para saber o que as outras acham dela. Os homens, mesmo que neguem, querem sim saber o que o outro acha dele, e claro, independente do gênero queremos estar bem na fita. Mesmo que venha de pessoas desconhecidas.

O problema é quando o achismo do outro toma uma proporção gigantesca em NOSSA vida. Por exemplo: quero dar minha opinião sobre algo, mas nunca sou escolhida porque os escolhidos são “os melhores”. Baseado em que? Em nota? Em peso perdido na esteira? Em número de livros lidos? Algum critério subjetivo foi usado para escolher os “melhores”, e você não se encontra entre estes. Então você não é chamada para opinar. Sua opinião vale menos do que a deles? A opinião deles vale mais que a sua? Por que sim, querida, são coisas distintas, assim como “menos desorganizado” não significa “mais organizado”.

Então, novamente você não é escolhida. E seu mundo cai e você se sente um cocô. Ressecado. Mas você é MACHA, procura alguém para te ouvir, nem que tenha que contratar um trio elétrico para gritar a todos pulmões: EU TENHO OPINIÃO E EXISTO! Pois bem, você chega até o ouvidor e fala sua opinião. E se sente desprezada. Cocô de novo. Desta vez mole e fedido.

O que importa na verdade é que você se DEIXOU sentir-se este cocô. Não é porque uma pessoa não te ouviu que outras não ouvirão. Não é porque não somos escolhidos que somos piores. Não é porque te ignoraram que você é menos.

Não faça mais isto com você. Dê à opinião alheia o peso justo, mas não deixe isto comandar sua vida. Porque você é muito mais do que notas ou pesos ou livros podem expressar. Você é única, com seus erros, pitis, acertos, lágrimas e gargalhadas. Sua estória é você quem escreve, é SUA, e cabe a você escolher as cores das tintas e os atores coadjuvantes. Como cabe também a você ficar ou não infeliz por comentários exteriores.

Confie em você e em sua essência. Sua essência é boa. Sua essência é guerreira. Confie em você. Porque tudo, tudo, tudo nesta vida passa. E como diz Chico. “isto vai passar.”

Tatue na mão... e pratique isto!

Post para todos aqueles que um dia se entristeceram por achismos alheios… Somos mais do que isto…

PS – inspiração para o post: MCL, que me deve um livro…

Anúncios

4 Comentários on “Achismos alheios ou Compartilhando minha sabedoria”

  1. Babi disse:

    TUDOOOOOOOOOO!!!!

    Pura verdade.

    Quando passamos a confiarmos em nós mesmo… Além de não nos importarmos com essas “avaliações” passamos a nós impor, mesmo sem ser chamados… Afinal não somos todos iguais?

    Beijos,

    Parabéns!

  2. Mi disse:

    Puxa!!! Foi um tapão de ACORDA menina!! Se você sabe quem é você, danem-se os outros e o que pensam de você… Sempre haverá pessoas que não vão te levar a sério, nem se importar com o que pensa, caberá a você filtrar aquilo que é bom e deletar o que não te faz bem… É isso aí! Eu te devo muito mais que um livro! beijos MCL

    • karinakarina disse:

      você não me deve nada amore… mas você se deve não se abater com isto.

      Esta tal de maturidade tem uma grande vantagem sabe? Conforme o tempo passa eu dou menos e menos importância aos achismos alheios… e isto é libertador!

      beijinhos… e vocÊ ainda me deve um livro… =)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s