FELIZ ANO NOVO…

escrevo entre aspas porque não é meu… é da sensacional Mirian Goldenberg, que postou o seguinte texto na FSP do dia 11/01/2011 (dia meio cabalístico a julgar pelos números, no meu conhecimento master em numerologia)…

mas juro que tem TUDO o que eu queria para mim… então aí está…

Próximo Texto | Índice | Comunicar Erros

OUTRAS IDEIAS

MIRIAN GOLDENBERG miriangoldenberg@uol.com.br

Feliz Ano-Novo


Inspirada em Leila Diniz, repetirei silenciosamente um mantra nas situações difíceis de 7988


MINHAS RESOLUÇÕES para
o Ano-Novo:
Em primeiro lugar, rir muito mais. E também:
Cantar mais;
Dançar mais;
Dizer mais não;
Curtir amigos e amigas;
Namorar mais;
Não levar a vida tão a sério
e não ficar obcecada com pequenos problemas;
Não me importar tanto
com a autoimagem;
Não me preocupar com a
opinião dos outros;
Não tentar agradar a todo
mundo;
Ser mais leve;
Estar com pessoas divertidas e relaxadas;
Ver mais comédias e
shows divertidos;
Fugir de pessoas pesadas
e invejosas;
Ignorar os maledicentes;
Buscar prazer no dia a dia;
Ser menos crítica com os
outros e comigo mesma;
Transformar tragédia em
comédia;
Não me cobrar tanto;
Não me comparar com os
outros;
Gostar mais de mim;
Ser minha melhor amiga;
Ser simples;
Conviver mais com crianças e brincar mais;
Viver cada dia como se fosse o último;
Ter conversas descontraídas e engraçadas;
Receber muita massagem;
Chorar no momento que tiver que chorar;
Ouvir e falar besteiras;
Deixar que riam de mim e
rir com eles;
Perder a vergonha de mim
mesma;
Ter menos culpa;
Ser cada vez mais espontânea e verdadeira;
Ser “meio Leila Diniz”.
Afinal, Leila dizia: “Sou
uma pessoa livre e em paz
com o mundo. Conquistei a
minha liberdade a duras penas, rompendo com as convenções que tolhiam os meus
passos. Por isso, fui muitas
vezes censurada, mas nunca
vacilei, sempre fui em frente.
Tudo que fiz me garantiu a
paz e a tranquilidade que tenho hoje. Sou Leila Diniz,
qual é o problema?”
Inspirada em Leila Diniz,
pretendo, em 2011, repetir um
mantra em diferentes situações que me fizerem sentir insegurança, inadequação,
medo, frustração.
Um mantra que irá me proteger de vaidades, invejas,
violências físicas e verbais,
politicagens, fofocas, desrespeito, falta de gentileza e de
reconhecimento e competição exacerbada tão presentes no Brasil hoje.
Imitando Leila Diniz, repetirei o mantra, silenciosamente, nos momentos difíceis
de 2011: “Sou Mirian Goldenberg, qual é o problema?”
E você, leitor, quais são
suas resoluções para 2011?

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s